Conversão

July 6, 2015

 

Conversão significa mudança de direção e de pensamento. O novo convertido abandona os maus hábitos, tais como inimizades; mentiras; adultério; prostituição; roubo; feitiçaria; idolatria; ciúme; iras; discórdia; inveja; bebedice; glutonaria; vícios; enfim, todas as obras da carne, conforme está escrito em Gálatas 5.19-21.

         Sabemos que não é fácil, mas também não é impossível, porque Deus jamais pede algo que não se possa fazer. E quando a pessoa tem realmente interesse em uma qualidade de vida, faz qualquer sacrifício.

         Há quem busque de Deus apenas soluções de problemas circunstanciais. Mas há também quem queira algo mais. Assim, enquanto alguns buscam as bênçãos, outros alem das bênçãos buscam também uma intimidade maior com o Abençoador.

         O Senhor Jesus nos ensina sobre isso, quando ao perceber a grande preocupação de Marta com aquilo que não era importante:

         “...Marta! Marta! Andas inquietas e te preocupas com muitas coisas. Entretanto, pouco é necessário ou mesmo uma só coisa; Maria, pois escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada ”.

         Enquanto Marta se preocupava em corresponder à sua condição de boa dona de casa, Maria, sua irmã, quedava-se aos pés do Senhor Jesus Cristo.

         O fato de estar na Igreja não é sinal de uma real conversão ao Senhor Jesus. Muitas pessoas, dizem que aceitaram a Cristo, mas ainda não assumiram um compromisso sério com Ele. Estão apenas “namorando” Jesus, com encontros casuais e temporários. Não conquistaram a salvação, não se firmaram na fé e nem tiveram um encontro real e verdadeiro com o Espírito Santo.

 

 

 

Please reload

Ouça diariamente pelas 23hs, a mensagem amiga do Bispo Macedo