Os dons do Espírito Santo

July 20, 2015

 

“Porque a um é dada, mediante o Espírito Santo, a palavra de sabedoria, a palavra do conhecimento, a outro, no mesmo Espírito a fé, e a outro, no mesmo Espírito, dons de curar, a outro operação de milagres, a outro, profecia, a outro o discernimento de espíritos, a um variedade de línguas e a outro a capacidade de interpretá-las.” (I Co12:8)

           

Para que possamos entender melhor a aplicação dos dons do Espírito Santo na vida do cristão, como ferramentas essenciais, precisamos classificá-los da seguinte maneira:

  • Dons de Revelação:

Palavra de conhecimento : Numa certa ocasião, o Senhor Jesus exclamou: “Graças te dou, ó Pai, porque ocultaste estas cousas aos sábios e instruídos e as revelaste aos pequeninos.” (Mt 11:25) É claro que o conhecimento neste mundo vem se acelerando de forma fantástica, porém há um conhecimento que está acima de todo o existente neste mundo: o conhecimento da vontade de Deus para o homem, e isto só é possível através do batismo com o Espírito Santo.

Palavra de sabedoria: A palavra de Sabedoria não somente revela a capacidade de julgar corretamente e agir prudentemente, mas também a habilidade de compreender e transmitir as coisas mais profundas do Espírito de Deus. Ninguém melhor do que o Espírito Santo para nos dar a palavra certa e na hora certa, a fim de edificar a nós ou a outros.

Discernimento de espíritos: Os espíritos enganadores assolam o mundo, provocando controvérsias dentro e fora das igrejas, a ponto de iludirem até mesmo os escolhidos: “Porque virão muitos em meu nome e enganarão a muitos...”  (Mt 24:4) Só mesmo com o dom do discernimento de espírito, é que os cristãos estarão imunes às investidas satânicas.

  • Dons de Poder:

Dons de Curar: É interessante que em nenhuma parte dos evangelhos, o Senhor Jesus tenha dado ordem aos seus discípulos para orarem pelos enfermos, quando ele os chamou disse: “Curai os enfermos” (Lc 10:1) O uso deste dom pode ser usado em favor de alguém doente ou da própria pessoa enferma.

Operação de milagres: Deus quer fazer grandes coisas hoje como no passado, e por isso Ele distribuiu os seus dons para os seus servos conforme lhe apraz, com o intuito de beneficiar os povos, e acima de tudo ser glorificado. “Aquele que crê em mim fará as obras que faço e outras maiores fará.” (Jo 14:12)

Fé: O dom da fé tem o propósito de equipar o cristão com uma força sobrenatural capaz de mudar o rumo das coisas. É a capacidade de Deus dentro de nós para determinar o milagre.

  • Dons de Inspiração:

Variedade de Línguas: Este dom tem a finalidade da própria edificação, e isto é muito importante, pois quantas vezes somos carentes de uma edificação pela qual, passamos a enfrentar as lutas com maior força e coragem.

Capacidade de interpretar: Não tem sido comum a manifestação deste dom, pois há uma necessidade maior de levar o povo de Deus a ter a experiência do batismo no Espírito Santo e consequentemente o falar em línguas do que a sua interpretação, tendo em conta que o falar em línguas é uma expressão intima e pessoal da pessoa para o próprio Deus.

Profecia: este dom não tem nada a ver com adivinhação do futuro, mas sim de uma palavra inspirada e dirigida pelo Espírito de Deus, para a edificação da igreja, conforme o Apóstolo Paulo afirma: “Mas o que profetiza fala aos homens, edificando, exortando e consolando.” (I Co 14:3)

O Espírito Santo é a confirmação de Deus em toda a sua plenitude, dentro de nós: É a resposta de Deus aos anseios do ser humano, é uma necessidade imprescindível de tal forma que sem Ele a chance de sobrevivência cristã aqui neste mundo é praticamente impossível.

Please reload

Ouça diariamente pelas 23hs, a mensagem amiga do Bispo Macedo