Sinceridade

July 29, 2015

 

Quando o Senhor Deus reapareceu para Salomão logo após ele ter edificado o Templo, lhe disse: “Se andares perante o mim como andou teu pai, com integridade de coração e com sinceridade, para fazeres tudo o que te mandei... então confirmarei o trono de teu reino sobre Israel para sempre...” (1Reis 9:4-5).

         A palavra “sincera” surgiu no meio dos oleiros. Estes faziam vasos de barro e quando os punham para secar ao sol, era comum que alguns rachassem por algum motivo qualquer. E para não perdê-los, o oleiro, então cobria suas rachaduras com cera. E depois de serem todos pintados ficava bastante difícil identificar o “sem cera” do “com cera.” A pessoa sincera, portanto, seria aquela “sem cera”.

Deus repudia o fingimento ou a hipocrisia muito mais do que qualquer outro tipo de pecado. Podemos ver isso claramente nas palavras duras e revoltadas do Senhor Jesus direcionadas aos escribas e fariseus, quando disse: Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora, se mostram belos, mas interiormente estão cheios de ossos mortos e de toda imundícia! Fariseu cego, limpa primeiro o interior do copo, para que também o seu exterior fique limpo!” (Mateus 23:25). Nesse discurso podemos sentir a maior manifestação de revolta do Senhor Jesus jamais vista durante todo o seu ministério, justamente contra as pessoas mais religiosas. Ele não condenou as prostitutas, ladrões, assassinos, adúlteros, ou mesmo qualquer outro pecador em especial. Não! Mas exatamente aqueles que fingiam uma espiritualidade, santidade ou coisa parecida, mas que por dentro eram piores do que os que estavam assumindo publicamente o pecado. Os escribas e fariseus são tipicamente pessoas insinceras, pois se preocupam com a opinião dos outros em relação a si mesmas. Eles temem macular o seu exterior porque isso lhe custaria grande prejuízo para a sua vaidade pessoal. Apesar de aparentarem uma religiosidade, eles não têm nenhuma preocupação em agradar a Deus, mas sim, aos homens. Porque destes eles podem receber honras e louvores.

Muitos não tem visto a realização espiritual em suas vidas justamente por falta de sinceridade, esquecem da pureza da alma na sua comunhão com Deus, participam da Santa Ceia, mas mantêm o coração magoado, oram, jejuam e lêem a bíblia com freqüência, mas seus olhos são maus para com os demais, e etc. A verdade é que as promessas divinas são reais na nossa vida na mesma proporção em que é real a entrega a ele conforme está escrito: Porque, quanto ao Senhor, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é totalmente dele... (2 Crônicas 16:9).

Please reload

Ouça diariamente pelas 23hs, a mensagem amiga do Bispo Macedo