O Joio e o Trigo

September 7, 2015

“O reino dos céus é semelhante a um homem que semeou boa semente no seu campo; mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele e semeou o joio no meio do trigo e retirou-se. E, quando a erva cresceu e produziu fruto, apareceu também o joio. Então, vindo os servos do dono da casa, lhe disseram: Senhor, não semeaste boa semente no teu campo? Donde vem, pois, o joio? Ele, porém, lhes respondeu: Um inimigo fez isso. Mas os servos lhe perguntaram: Queres que vamos e arranquemos o joio? Não! Replicou ele, para que, ao separar o joio, não arranqueis também com ele o trigo. Deixai-os crescer juntos até a colheita, e, no tempo da colheita, direi aos ceifeiros: Ajuntai  primeiro o joio, atai-o em feixes para ser queimado; mas o trigo, recolhei-o no meu celeiro.        (Mateus 13:24)

                                                                 

 

Quando o Senhor Jesus proferiu a parábola do joio e do trigo, Ele o fez para nos alertar que enquanto o Senhor envia os seus discípulos ao mundo para semear o Evangelho, ao mesmo tempo, o diabo semeia o joio no meio do trigo, isto é, no meio da Igreja, para os confundir e escandalizá-los.

O joio cresce caracteristicamente no meio das plantações de trigo, e se desenvolve como se fosse trigo, o diabo sabe que os filhos de Deus estão sempre com um pé atrás para com os que não estão na igreja. Assim sendo, ele procura semear os seus com aparência de convertidos no meio dos verdadeiros, para que, paulatinamente, venham a destruir a boa fé dos fiéis.

         A identificação do joio no meio do trigo é complicada, porque durante o seu crescimento ambos são indistinguíveis. Somente após o aparecimento de seus frutos, é possível identifica-los. Como “todos se parecem trigo”, o problema são as raízes se misturarem, pois pode ser que a raiz do joio sufoque a do trigo, e este fique infrutífero.

Um dia todos nós, teremos que dar conta de como administramos a vida. Um dia finalmente, o trigo será separado para ser guardado no celeiro de Deus e infelizmente, o joio será arrancado para ser queimado no fogo.

         Neste campo que é a igreja só existem dois grupos o trigo e o joio, não existe um terceiro grupo, ou somos trigo, ou somos o joio. Só a pessoa e Deus podem saber se ela é trigo ou joio, e mais ninguém. Os demais só podem ver o exterior o que está diante dos seus olhos, Deus, porém, vê o coração. Eu posso enganar as pessoas, mas eu não posso enganar a Deus e nem posso enganar a mim mesmo. Nas horas que estamos sozinhos é que sabemos quem somos. E uma vez a pessoa descobrindo as características do joio na sua vida deve se quedar aos pés do Senhor Jesus dizendo: Senhor não quero ser joio, quero ser trigo, coloca em mim o teu caráter... e sendo uma oração sincera Deus dará a ela forças para que possa ser a boa semente, o bom perfume de Cristo, a luz do mundo, o Sal da terra.

Please reload

Ouça diariamente pelas 23hs, a mensagem amiga do Bispo Macedo