O Orgulho

June 14, 2016

 

“A soberba do homem o abaterá, mas o humilde de espírito obterá honra”

(Provérbios 29:23)

          A Bíblia nos ensina em Ezequiel 28:1, a respeito de um anjo chamado Lúcifer. Ele até então era anjo de luz, foi criado como sinete da perfeição, cheio de sabedoria e formosura, querubim da guarda. Era perfeito até que o orgulho se criou no seu coração, por causa da sua formosura e sabedoria ficou orgulhoso. Por isso, Deus fez sair de dentro dele um fogo que o consumiu e o reduziu a cinzas. O orgulho que se criou no coração de Lúcifer foi, o primeiro pecado e pai de todos os demais.É, portanto o orgulho algo que nasce no coração do ser humano e vem de dentro para fora. Foi em vista disso que, ao punir o anjo Lúcifer, Deus fez um fogo sair de dentro dele conforme diz a bíblia: “Eu fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu, e te reduziu a cinzas sobre a terra, aos olhos de todos os que te contemplam” (Ezequiel 28:18).

O fogo ardendo dentro do diabo era o castigo pelo orgulho, e representa este sentimento que arde dentro daquele que quer exaltar-se a si mesmo em busca da glória deste mundo. O orgulho é como um fogo queimando sem parar no coração do orgulhoso a reclamar a sua glória. Para tê-la não vê limites. Mente, rouba, engana, prostitui-se, corrompe, tudo para atender as demandas do seu orgulho.

         O orgulhoso jamais se arrepende nem reconhece seus erros, é insubordinado, a ninguém respeita, faz intriga para destruir quem quer que se lhe oponha e a partir de um certo ponto se torna sem remédio, sem volta e sem solução.

Se Deus pudesse, de alguma forma, reeducar o orgulhoso, certamente teria feito isso com Lúcifer. Assim teria poupado o mundo de tantas doenças, guerras, crimes e toda sorte de maldições, e também é claro a morte do Senhor Jesus, que levou nossas maldições na cruz.

O dedicado apóstolo Paulo, que tantas lutas enfrentou em seu ministério, considerava-se o maior dos pecadores. Veja que quanto mais perto da luz estamos, mais vemos nossas sujeiras. Mas o oposto também é verdade: quanto mais longe da luz, menos vemos quão sujo estamos. O orgulhoso em seu discurso enaltecendo suas qualidades é apenas alguém longe da luz que não consegue ver a própria sujeira.

 Às vezes engana até a si mesmo, pensando que não precisa buscar no Senhor a humildade pois acredita que já a possui, porém jamais enganará a Deus.

“se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.”

(2 Crônicas 7:14)

Please reload

Ouça diariamente pelas 23hs, a mensagem amiga do Bispo Macedo