As 6 Partes da Armadura de Deus

May 24, 2017

3º Calçado:

 

"Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz…"  Ef 6.14

        

         Durante o tempo da Igreja primitiva , nos tempos de Paulo, Pedro e João , os soldados romanos usavam sandálias especiais feitas com pregos que os seguravam no solo firme, mesmo quando este era inclinado ou escorregadio, e não o impediam de avançar. A idéia de ter o evangelho da paz como calçado sugere que precisamos avançar contra o território de Satanás; e mesmo que hajam obstaculos, ou o solo seja escorregadio, não podemos parar.

         Todo servo de Deus nutre dentro de si o mesmo sentimento do seu Senhor. E qual sentimento dirigia o nosso Senhor? Diz o texto sagrado: “Dai por diante, passou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque está próximo o Reino dos Céus... Percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda sorte de doenças e enfermidades entre o povo.” (Mt 4: 17 e 23) ou seja: Logo após Ele ter sido batizado nas águas, no Espírito Santo e no fogo do deserto, Ele partiu para os lugares mais ermos, escusos e escuros em busca das almas perdidas.

         A coisa mais evidente no convertido é a sede de almas, isto é, o ardente desejo de dar aos outros o mesmo que foi recebido de Deus. Paulo sentiu este ardente desejo quando disse: “...meus filhos, por quem, de novo, sofro as dores de parto, até ser Cristo formado em vós.” (Gl 4:19) logo após sua conversão, Paulo seguiu o ímpeto da fé e foi em busca de almas. Como disse: “...ao que me separou antes de eu nascer e me chamou pela Sua graça, aprouve revelar Seu Filho em mim, para que eu O pregasse entre os gentios, sem detença, não consultei carne e sangue, nem subi a Jerusalém para os que já eram apóstolos antes de mim, mas parti para as regiões da Arábia...” (Gl 1:15-17)

         Paulo não ficou esperando nenhuma profecia pessoal, nenhuma visão ou preparo espiritual, nem mesmo perguntou a alguém mais experiente se deveria ou não ir em busca dos gentios árabes. “Sem detença”, diz ele, “não consultei carne e sangue, nem subi a Jerusalém para fazer alguma consulta aos demais apóstolos mais experientes... Simplesmente parti para as regiões da Arábia.” Quem o havia ordenado ou autorizado a ir pregar entre os gentios árabes? Ninguém, aparentemente! Mas, cheio do Espírito Santo, ele partiu seguindo a voz da fé sobrenatural, porque esta é a voz de Deus. Posso me lembrar quantas vezes meus superiores espirituais me barraram para que eu não fosse pregar o Evangelho... E como temesse ser considerado rebelde, fiquei esperando, esperando, esperando... Provavelmente, estaria esperando até hoje, se não tivesse tomado a atitude de seguir a voz da fé.

         Quando a pessoa não é nascida do Espírito, seu coração é egoísta e não se preocupa com os demais. Mas, quando é nascido da água e do Espírito, sua alma ferve de vontade de ganhar almas para seu Senhor, pois entende que nasceu para viver com esta parte da armadura: Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz… Ef 6.14

Please reload

Ouça diariamente pelas 23hs, a mensagem amiga do Bispo Macedo